18 de fevereiro de 2012

Carnaval em Urubici: vamos botar o bloco na rua e no salão!

Carnaval é uma festa antiga e não é exclusiva do Brasil. Na Antiguidade, com os festejos das colheitas. No Brasil do século XIX e início do XX, com seus entrudos, primeiros desfiles organizados pelo carioca Zé Pereira e criação das marchinhas e do samba.
O Carnaval teria nascido da festa de Osíris, deus do Antigo Egito, marcando o recuo das águas do Nilo e a fertilidade da primavera. Festejos semelhantes aconteciam na Grécia, em homenagem ao deus do vinho Dionísio, e em Roma, com os bacanais, saturnais e lupercais, que festejavam os deuses Baco, Saturno e Pã.
A juventude de Baco, de William Bouguereau, 1884.



Entrudo dos escravos no Rio de Janeiro, aquarela de Debret, século XIX.

Jogos durante o entrudo no Rio de Janeiro - Aquarela de Augustus Earle
Entrudo no Rio de Janeiro, aquarela de Augustus Earle, século XIX.
No século XIX, havia o Zé Pereira, personagem de origem incerta que existiu até o início do século XX. Há quem diga que ele foi, na verdade, um sapaterio português chamado José Nogueira de Azevedo Paredes que, certa feita, teria saído às ruas durante os dias de folia tocando bombo (instrumento conhecido como surdo). Teria tido como sucessores a cuíca, os tamborins, os pandeiros, as frigideiras etc.

Mas, de todas as surpresas da vida, algo inusitado aconteceu na Serra Catarinense. Apesar da presença dos vários imigrantes e da ausência da identidade cultural carnavalesca, a festa aqui ficou. Faz muito tempo que vários municípios da serra curtem o Carnaval.
Aqui em Urubici, o primeiro baile de Carnaval com desfile de carro alegórico aconteceu em 1954, no Clube Recreativo União e Progresso (Crup), comumente chamado de Clube da Praça. O Crup, criado em 1925, foi o primeiro do gênero na região e, desde então, é frequentado pelas famílias de Urubici que promovem, entre seus diversos bailes, bailes de Carnaval com concursos de rainhas e desfiles.
Por muitos anos, a festa foi liderada pelos irmãos Vieira, quatro irmãos de família tradicional de Urubici. Nas décadas seguintes, o Carnaval da cidade cresceu e se organizou cada vez mais até que, a partir da década de 1970, os blocos passaram a fazer parte da festa.
Também é importante lembrar que outro clube foi criado em 1970, a Sociedade Recreativa Urubiciense. Chamada de Clube da Esquina, essa sociedade teve como primeira atividade, a organização do carnaval.
Tradicionalmente, o Carnaval de Urubici começa no sábado com o primeiro baile, sendo que, ao todo, ocorrem dois bailes no Clube da Praça e outros dois no Clube da Esquina, em dias alternados. Também há o concurso de blocos carnavalescos que inclui, entre seus quesitos, a avaliação de fantasias, coreografias e músicas. Existem hoje mais de 10 blocos na cidade e, antigamente, alguns blocos não podiam se ver durante o Carnaval, tamanha era a rivalidade.
No salão, muitas marchinhas de carnaval e muitas histórias se fazem presentes.
Agora, estamos nós aqui promovendo o Ecoturismo e observando a festa da população que batuca à nossa porta, literalmente.
Bom carnaval... Cuca fresca, moderação e boas aventuras para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário